quinta-feira, 30 de setembro de 2010

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

ADDICT + COLABORADORES .





ADDICT + COLABORADORES // ARTE.

INSTALACAO NA FACHADA DA LOJA ADDICT NO LEBLON, FEITA PELO ARTISTA COLABORADOR KAJAMAN.

SUPER 8 POR KAJAMAN.

FAMILIA ADDICT.

WWW.ADDICT.COM.BR

ADDICT // FESTIVAL DO RIO 2010 .





FESTIVAL DO RIO 2010 ( 23/09/2010 - 07/10/2010 )

Começou hoje o Festival do Rio que a cada ano vem ganhando mais força estabelecendo-se como um dos principais do país. Todo ano faço uma lista do que quero assistir pois é uma das únicas oportunidades de ir a filmes que não entram no circuito ‘mainstream’, Cinemark / UCI. Seguem abaixo minhas recomendações, lembrando é claro, que eu também ainda não assisti aos filmes na lista, ou seja, falo pelo que espero e não pelo que vi.

DOX
Na Terra da Liberdade
Documentário sobre a luta de três Panteras Negras contra a segregação e escravidão sexual dentro do sistema penitenciário americano. Após 31 anos na solitária, Robert King é solto e começa a luta pela liberdade dos companheiros. Narrado pelo Samuel L. Jackson.


EXPECTATIVA 2010
A Ovelha Negra
Filme Italiano que se passa nos anos 60 e lançado no Festival de Veneza, conta a história de Nicola, um jovem avoado que é acusado de um crime que não cometeu. Internado em um sanatório é vítima de eltrochoques desenvolvendo esquizofrenia.

Keep Surfing
Filme sobre a cultura de surfe em rios de Munique.


FILM DOC
Polanski: Procurado e Desejado
Na minha opinião promete ser um dos melhores filmes do festival, ganhou o prémio de melhor montagem no Festival de Sundance 2008. Além da sua excepcional filmografia, tendo ganho o Oscar com O Pianista, o diretor polonês perdeu a mãe no holocausto, teve a esposa assassinada pela seita de Charles Manson e é acusado de estupro nos Estados Unidos, sendo considerado foragido no país.

FOCO ARGENTINA
O Olhar Invisível
Situado no final da ditadura militar na Argentina, o filme gira em torno de uma assistente de um colégio de elite que faz o papel de big brother, zelando pelo cumprimento das regras.

ITINERÁRIOS ÚNICOS
Pixo
Documentário sobre o mundo da pichação em São Paulo, contem cenas extraordinárias que já passaram até no Fantástico de jovens escalando prédios no centro da cidade.

Jean Michel Basquiat: A Criança Radiante
Documentário que estreou no Festival de Sundance esse ano, reúne imagens captadas por Tamra Davis, amiga do artista, na década de 70.

LIMITES E FORNTEIRAS
War Don Don
Filme de Serra Leoa que conta a história de Issa Sesay, um preso à espera de julgamento no Tribunal Internacional de Crimes de Guerra. War Don Don coloca em questão o processo da justiça internacional em si.

MEIO AMBIENTE
2012: Tempo de Mudança
Documentário que tem as profecias maias sobre o apocalipse mundial, mesmas do longa 2012, como ponto de partida, o filme propõem um modelo de sociedade pós-industrial baseado em princípios ecológicos. Além das elaboradas animações, o filme conta com depoimentos de personalidades engajadas que vão de David Lynch à Gilberto Gil.

O BRASIL DO OUTRO
Complexo: Universo Paralelo
Documentário realizado por dois portugueses retratando o cotidiano do Complexo do Alemão.

PANORAMA CINEMA MUNDIAL
Federal
Filme brasileiro com proposta semelhante aos ‘blockbusters’ americanos, entrou na minha lista por ter Michael Madsen, queridinho do Tarantino, no elenco. Será um reflexo do momento e crescimento do cinema brasileiro, será que conseguimos fazer filmes de ação como os americanos? Selton Mello é um dos protagonistas.

PREMIERE BRASIL – HORS CONCOURS: LONGA FICÇÃO
Outro filme brasileiro que entrou na minha lista pelo elenco com ótimos atores da nova geração como Caio Blat, Jonathan Haagensen, Silvio Guindane, além dos mais ‘velhos’ Ailton Graça e Cássia Kiss.

Para mais informações acessem o site do festival, www.festivaldorio.com.br , onde podem achar horários e locais de todos os filmes. Para os produtores que vão lá trabalhar, não deixem de passar no Rio Screenings onde três projetos que eu dirigi estão inscritos, Comendo Tinta (co-direção Manoel Montello), Na Batalha (dirigido junto com o João Mello Leitão e direção de fotografia do Demian Jacob) e O Ano Todo Faz Calor (com direção de fotografia do Demian Jacob).

Por: @dougpfclayton

FAMILIA ADDICT.

WWW.ADDICT.COM.BR

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

ADDICT + COLABORADORES .



"Nascido da união dos artistas e designers Bernardo Sodré e Felipe Bardy, e da consciência de que a reciclagem e o reaproveitamento de materiais são conceitos fundamentais nos dias de hoje, o Projeto “A União faz a Força”, começou com o objetivo de mostrar que grandes produtos podem surgir de pequenas idéias e serem construídos a partir de materiais, por muito, tidos como descartáveis.

Este banco foi o primeiro produto desenvolvido com base neste conceito. Produzido em madeira de caixotes de feira, essas embalagens possuem curta vida útil e são constantemente descartadas, pois são consideradas frágeis e "vulgares".

Porém, na visão dos artistas, esta rica matéria prima pode ser reaproveitada através da união de conceitos do design sustentável, com a técnica da marchetaria maciça, criada na Itália renascentista. Essa técnica consiste basicamente, no agrupamento das madeiras, o que confere resistência ao material. Por esse processo, reafirma-se então, as inúmeras possibilidades de transformar o lixo em algo belo com forma e função. Ressaltando também, a necessidade urgente de uma consciência ecológica global. Tudo pode ser modificado... A união faz a força! Pense a frente!"


Por Bernardo Sodre '' UMBE "
www.umbe.com.br
www.umbeskate.blogspot.com

FAMILIA ADDICT.

WWW.ADDICT.COM.BR

terça-feira, 21 de setembro de 2010

ADDICT + COLABORADORES .


video


* SUPER 8 POR KAJAMAN .

ESSA VAI PARA NOSSOS COLABORADORES DE FILME E FOTOGRAFIA, DOUGLAS CLAYTON E DEMIAN JACOB, QUES ESTAM FAZENDO UM POST SEMANAL AQUI NO NOSSO BLOG.


FAMILIA ADDICT.

WWW.ADDICT.COM.BR

ADDICT * DIA MUNDIAL SEM CARRO !





FAMILIA ADDICT.

WWW.ADDICT.COM.BR

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

ADDICT + COLABORADORES .




O FUTURO DO CINEMA

Nos últimos anos houve uma enorme reviravolta no mercado cinematográfico causado pelo desenvolvimento do modo de filmagem em Full HD nas câmeras DSLR da Canon, leia-se 5D e 7D. Começou-se a filmar até publicidade, gênero notório pelas verbas milionárias e alto valor de produção, com essas câmeras. O baixo custo delas comparadas às câmeras de filmagem profissionais e possibilidades que essas não proporcionam, fizeram com que até um amador tivesse em suas mãos uma ferramenta capaz de produzir um filme com aparência cinematográfica.

Os dois maiores diferenciais dessas câmeras, fora o preço, são o enorme sensor, responsável pela qualidade de imagem, e a possibilidade de usar lentes para fotografia sem nenhum tipo de adaptador, ou seja, é possível ter uma qualidade fotográfica num filme. Agora, fotógrafos como o Demian Jacob, que em breve estará escrevendo uma coluna para o blog da Addict, estão se sobressaindo e tornando excepcionais diretores de fotografia, fato comprovado pela trilogia de curtas, O Ano Todo Faz Calor, que rodamos juntos no início do mês.

Pessoalmente sempre fui um admirador da película e cético quanto ao domínio das câmeras digitais, mesmo com todo avanço tecnológico que esse formato possibilita, por uma simples razão, a relação entre as linhas da película com a luz nunca conseguirá ser replicada pelos pixels do HD, independente de quantos mil sejam. Essa semana fui obrigado a repensar meus conceitos e a nunca subestimar a tecnologia e a capacidade de evolução do ser humano, essa epifania foi fruto de mais outra sigla: HDR.

HDR é uma técnica fotográfica onde se pegam fotos tiradas em sequência do mesmo objeto, porém com exposições diferentes. Agora, dois malucos (www.sovietmontage.com ) adaptaram a técnica para filme usando duas 5D’s, basicamente eles alinham as câmeras para captar a mesma imagem mas com acertos diferentes, uma subexposta e a outra sobrexposta. O resultado é uma imagem com a qualidade perfeita em qualquer profundidade, chega a ficar lúdica. Será esse o futuro do cinema, uma câmera que consiga captar simultaneamente duas imagens com acertos diferentes?

Pra quem ficou curioso: http://vimeo.com/14821961

Por @dougpfclayton

FAMILIA ADDICT.

WWW.ADDICT.COM.BR

ADDICT + COLABORADORES .



ADDICT ANALOGUE ! POLAROID

Addict procura sempre estar valorizando o trabalho com fotografias Analógicas, buscando um resgate e uma estética própria em seus trabalhos. Fotos feitas com as Polaroids SX-70 com filme FADE TO BLACK e camera Automatic 440 com filmes 669 e 664pb.
Addict surf Daily!

por Demian Jacob


FAMILIA ADDICT.

WWW.ADDICT.COM.BR

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

ADDICT REVISTA Z.SUL O GLOBO 16/09/2010 *



ADDICT X SPOLETO.

FAMILIA ADDICT

WWW.ADDICT.COM.BR

ADDICT X JAIMEPORTAS VILASECA GALERIA * PAGINA DUPLA .



ADDICT X JAIMEPORTASVILASECAGALERIA APRESENTAM >> PÁGINA DUPLA DIA 22/09/2010.

AV. Ataulfo de Paiva, 1.790
Subsolo 109 / Vitrine do Leblon
Rio de Janeiro / RJ / 22440-034
Tel. (21) 2274-5965
www.portasvilaseca.com.br
contato@portasvilaseca.com.br



FAMILIA ADDICT.

WWW.ADDICT.COM.BR

sábado, 11 de setembro de 2010

* ADDICT + COLABORADORES.






DA GEMA OU DA CLARA ?????

A expressão "carioca da gema" designa indivíduos nascidos e criados na cidade do Rio de Janeiro, filhos de mãe e pai cariocas. A "gema" se refere ao fato do indivíduo ser oriundo de dois cariocas, ou seja ser carioca antes mesmo de nascer. O "carioca da clara" é o carioca que tem pais nascidos em outros lugares.


por JML



FAMILIA ADDICT.

WWW.ADDICT.COM.BR

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

* ADDICT + COLABORADORES .





O CÓDIGO DO TARANTINO

“Decifrei o código do Tarantino!”

Dentro das diversas formas de se fazer cinema, o curta metragem é provavelmente aquele que tem menos exposição e acesso mais difícil, mas mesmo assim, volta e meia, cruzo um que me assombra. Geralmente tendo a apreciar filmes experimentais que me apresentem uma idéia longe da minha percepção, algo que me surpreenda ou choque, e pela falta de limitações como a gravidade ou a realidade que a computação gráfica permite, é comum que eu aprecie curtas de animação.

De qualquer forma, não há animação que salve um roteiro ruim, George Lucas que o diga, e um curta que não canso de assistir é Tarantino’s Mind. Estrelado pelo Seu Jorge e o Selton Mello e dirigido tarantinescamente pela dupla 300ml, ele conta a teoria por trás do código do Tarantino. Dentro de uma lanchonete paulista, que de muitas formas se assemelha aos cafés americanos, com planos abertos e longos diálogos desconexos porém reveladores, os protagonistas apresentam a idéia de que todos os filme do diretor americano são apenas um dividido em partes. Eles criam ligações entre os personagens e narrativas que amarram toda sua obra como sendo um enorme épico, a Mia Wallace de Pulp Fiction, por exemplo, é a Noiva de Kill Bill e os diamantes roubados em Cães de Aluguel estão dentro da maleta em Pulp Fiction.

Poderia passar dias listando todas as ligações entre os filmes, ou elementos da direção que se assemelham ao estilo do Tarantino ou a brilhante atuação dos protagonistas, mas acho muito mais válido assistir ao filme, prova de que basta uma boa idéia para produzir algo que surpreenda: http://www.youtube.com/watch?v=op4byt-DtsI

Por @dougpfclayton


FAMILIA ADDICT.

WWW.ADDICT.COM.BR

domingo, 5 de setembro de 2010